Aprenda a lidar com o medo antes que ele passe a lidar com você

A maioria dos desequilíbrios emocionais do ser humano está relacionada ao medo, isto vai desde o medo de perder o controle sobre si até o medo de perder algo que a pessoa nem entende direito o que é.

O medo de perder sempre foi um dos impulsionadores das grandes batalhas travadas na sociedade e dentro das famílias. Este sentimento faz com que muitas pessoas entre no que chamamos de ciclo da auto sabotagem e algumas permanecem por muito tempo, inclusive por questões adquiridas em outras vidas.

Se você parar para pensar em tudo o que seus antepassados tiveram que encarar numa realidade bem diferente da que vive hoje, e estou falando aqui de gerações arcaicas, lá do tempo em que as grandes viagens eram no máximo feitas sobre cavalos. Pensando nas possíveis situações como perdas, angústias e tropeços encarados na vida de cada um deles, como você olha para isto? Com pesar? Com pena? Com raiva? Angústia? Preocupação? 

Qual o sentimento que desperta em você sabendo que em algumas situações alguns deles falharam? Como por exemplo: na tentativa de fazer um bom negócio acabaram perdendo seus bens ou alguém que não soube se impor e acabou casando forçado com uma pessoa que não era de seu desejo.

A forma como sua alma olha para isto defini a forma como você lida com determinadas situações de sua vida, mesmo não tendo uma consciência da história real. O medo e a insegurança podem estar atrelados a histórias vividas por seus antepassados e que de certa forma ainda ecoa em sua alma.

Quando alguém vivencia o medo de perder, logo irá sentir culpa e este outro sentimento fará com que a pessoa adote comportamentos de negação ou não merecimento: de amar e ser amado, de poder ganhar dinheiro, de poder ter uma boa casa, realizar uma viagem dos sonhos, etc. Geralmente a pessoa nesta situação se coloca como vítima, sempre entendendo que as possibilidades não são para ela. Então começa a vivenciar situações como: a pessoa amada já é casada (ou seja, impossível), a casa dos sonhos é muito cara, só os outros ganham dinheiro, indefinição da carreira profissional, não conclui as coisas, etc. 

Entenda que isto não é um padrão, muito menos algo que devemos generalizar. Cada caso é um caso. Estamos aqui mostrando alguns exemplos do que diariamente surge nos atendimentos na TSP Terapias.

Após passar pela fase da culpa vem o ciúmes, a raiva e a projeção e isto tudo levará ao medo. Ou seja, forma-se uma cadeia e a pessoa fica presa neste processo, se sabotando sem ter uma consciência real do que está acontecendo com ela. 

Apenas através da psicoterapia com as abordagens corretas é que estes temas poderão ser vistos, compreendidos e a sintonia desfeita, para que então a pessoa passe a viver de uma forma mais consciente e saudável.

O medo impede o crescimento profissional, os bons relacionamentos, as boas aquisições e até mesmo a qualidade de vida, porém, é um sentimento inerente ao ser humano. Ou seja, não tem como excluí-lo. Muitas pessoas venceram na vida por temer o fracasso. Pense nisto. Então como vamos excluir o medo da existência humana? 

O que talvez você precise aprender é como fazer com o medo. 

Sim, pois a coragem é fazer com medo.

Aprenda a lidar com o medo antes que ele passe a lidar com você!

Leave a comment